Menu

Instituto lançará Projeto Bike sem barreiras em Salvador

22 MAR 2018
22 de Março de 2018

Inclusão social e acessibilidade: é com este mote que a UNINASSAU lançará, em Salvador, neste domingo (25), o Bike Sem Barreiras. Desenvolvido pelo Instituto Ser Educacional, em parceria com a Instituição de Ensino Superior (IES), o Projeto disponibilizará para a população três bicicletas adaptadas para o lazer de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. O evento será realizado na Avenida Magalhães Neto, no bairro da Pituba, das 8h às 12h.

As bicicletas adaptadas que estarão disponíveis são: HandBike, um triciclo adaptado para ser pedalado com as mãos; Bike Dupla, para ser pedalada por um monitor e 1 pessoa com deficiência visual; e The Duet, que pode conduzir uma pessoa com deficiência múltipla ou tetraplégica de até 120 quilos. Na ocasião, todas as bikes serão guiadas por professores e alunos voluntários da UNINASSAU em Salvador, que percorrerão o trajeto da Avenida até o retorno localizado próximo ao Colégio Integral.

A iniciativa será estendida para todos os domingos de abril, de forma itinerante, em pontos estratégicos da cidade, sempre no turno da manhã e de forma gratuita. “Nosso objetivo é percorrer outras regiões da capital para que mais pessoas sejam beneficiadas e possam ter acesso às bicicletas”, ressalta a diretora da Faculdade UNINASSAU Pituba, Karina Bemfica.

Na capital baiana, a atividade acontece em parceria com a Prefeitura Municipal de Salvador e será inserida no calendário de ações em comemoração ao aniversário de 429 anos da cidade – celebrado no dia 29 de março. Para a diretora da Faculdade UNINASSAU Mercês, Cecília Queiroz, este é um grande marco. “Em uma época festiva, vamos promover a integração social de pessoas com deficiência ou baixa mobilidade ao uso de bicicletas e espaços de convivência da cidade. Mostraremos para a população que todos possuem o direito de ter acesso a momentos de entretenimento”, explica.

Sobre o Projeto

Inaugurado em 2016, no Recife, em Pernambuco, o Bike sem Barreiras já atendeu mais de 500 pessoas com deficiência durante os dias de ação. Na capital pernambucana, o Projeto de Responsabilidade Social da UNINASSAU tem o apoio institucional da Aliança de Mães e Famílias Raras – AMAR, do Instituto Hands Free e da In Soluções, bem como da Prefeitura do Recife e da Empetur, através da Secretaria Estadual de Turismo. Atualmente, a organização está expandindo a atuação da iniciativa para outras capitais do Brasil. Informações são da Simões Filho Online.

Voltar
Tenha você também a sua rádio