Menu

Grupamentp Aéreo da PM da Bahia forma turma do 3º Curso de Operador de Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada

02 FEV 2018
02 de Fevereiro de 2018

Na sexta-feira (26), no auditório do Grupamento Aéreo (GRAER), aconteceu a solenidade de encerramento da “Turma 1” do 3º Curso de Operador de RPAS (CORPAS) da Polícia Militar da Bahia (PMBA). RPAS é uma sigla em inglês que significa Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada. O RPAS também é conhecido popularmente de drone.

Grupamento Aéreo da PM da Bahia forma a terceira turma do Curso de Operador de RPAS. Foto: Alberto Maraux/Asscom SSP

O CORPAS, capacitação teórica e prática, desenvolvida por profissionais do GRAER, teve o seu currículo aprovado no ano de 2016, através do BGO n.º 235 de 20 de dezembro, por meio de parecer do Instituto de Ensino e Pesquisa (IEP).

Esse curso possui o formato EAD semi-presencial, com um total de 73 h/a, sendo 81% na fase a distância e 19% na fase presencial. Nessa capacitação buscou-se as melhores referências disponíveis no setor de aviação.

A base de exigências do presente curso se alinhou com os padrões técnicos de desenvolvimento de conteúdo que são exigidos nos Estados Unidos da América por meio da autoridade aeronáutica daquele país, a Federal Aviation Administration – FAA.

Em 2017, o GRAER inaugurou a oferta de cursos EAD na PMBA, com o 1º e o 2º CORPAS, onde foram capacitados 39 profissionais da PMBA, da Secretaria de Segurança Pública (SSP), da Casa Militar do Governador (CMG), do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) e da Polícia Civil da Bahia (PCBA).

A edição do 3º CORPAS é composta por 52 profissionais, formada por policiais da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul, bombeiros militares do Corpo de Bombeiros Militares de Goiás, militares da Força Aérea Brasileira, da Secretaria de Segurança Pública, do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia e da Polícia Civil da Bahia.

Grupamento Aéreo da PM da Bahia forma a terceira turma do Curso de Operador de RPAS. Foto: Alberto Maraux/Asscom SSP

O 3º CORPAS possui duas turmas, a “Turma 1”, com 28 profissionais que se formou na sexta e mais 24 alunos da “Turma 2” que se formarão na próxima quinta-feira (01).

Para 2018, o GRAER tem por meta realizar o 3º e o 4º CORPAS que atenderão, além das demandas da segurança pública do Estado da Bahia, demandas corporativas de outros Estados e das Forças Armadas.

 

Na edição do 4º CORPAS, será atendida a demanda da Marinha do Brasil, da Polícia Militar do Paraná (PMPR), do Corpo de Bombeiros militares do Mato Grosso (CBMMT), e do Estado da Bahia nos órgãos já citados.

Ampliando o alcance de atendimento, também a partir do 4º CORPAS, o escopo do curso será ampliado para aqueles que desenvolvem as suas ações a serviço do poder público, com o treinamento dos integrantes do setor de inteligência do grupo CCR/Metrô, um dos parceiros do CICC da SSP/BA.

De forma planejada, o efetivo do GRAER passou a ser capacitado somente a partir de 2018, pois a prioridade sempre foi a difusão das boas práticas nas comunidades de operadores, tudo em prol da segurança de voo.

A partir de fevereiro de 2018, a frota do GRAER passa a integrar as aeronaves não tripuladas e a utilizá-las nas suas operações.

INFORMAÇÕES: Piloto Policial
Voltar
Tenha você também a sua rádio