Menu

Dois morrem em confronto com a Polícia nas proximidades do aeroporto de Salvador

09 OUT 2017
09 de Outubro de 2017

Um deles é suspeito de integrar quadrilha que agia na Bahia e em Sergipe. Armas forma apreendidas com os suspeitos.

Um homem suspeito de integrar uma quadrilha que praticava tráfico de drogas, roubos a bancos e lavagem de dinheiro, simultaneamente na Bahia e em Sergipe, morreu em confronto com policiais militares e civis, na tarde desta segunda-feira (9), no bambuzal localizado na entrada do aeroporto de Salvador, no bairro São Cristóvão.

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o suspeito identificado como Diego Ferreira Figueredo, o "Açúcar", havia acabado de desembarcar na cidade, voltando de São Paulo (SP), quando ocorreu o tiroteio. Um homem suspeito de ser comparsa dele, que teria ido buscá-lo no aeroporto, também morreu durante ação.

Conforme a secretaria, a dupla chegou a ser socorrida e foi levada para o Hospital Menandro de Faria, em Lauro de Freitas, na região metropolitana, mas não resistiu aos ferimentos. Com eles, segundo a polícia, foram apreendidas uma espingarda calibre 12 e uma pistola.

Segundo a SSP, Diego Ferreira estava escondido em São Paulo desde agosto, após fugir de uma operação batizada de Balão Mágico, que desarticulou a quadrilha que ele integrava. O grupo praticava tráfico de drogas, roubos a bancos e lavagem de dinheiro na Bahia e em Sergipe.

Quadrilha

Ainda de acordo com a secretaria, um dos líderes da quadrilha que Diego integrava, identificado como Vinicius Barcellar, o "Fofão", também estava escondido na capital paulista e foi preso. Ele será encaminhado para Salvador na terça-feira (10).

Durante a operação de combate ao grupo, realizada no dia 18 de agosto, foram presos outros 10 homens e três adolescentes foram apreendidos. Além disso, um outro suspeito, identificado como Laelson Santana, mais conhecido como "Galego", responsável pelas decisões estratégicas da organização criminosa, morreu em confronto com a polícia.

Foram presos na região metropolitana de Salvador Mariana Oliveira Costa, André Luís Bacelar de França, Geraldo Silva dos Santos, Wagner Bacelar Costa, Danirla Santos Canuto, Caio Vinícius Nascimento Santos, Maria Auxiliadora Bacelar Costa e Sérgio de Jesus Lima. Em Aracaju, os policiais capturaram Luís Henrique Oliveira de Freitas e Juliana Santos Teles da Silva. Todo esse grupo, exceto Sérgio, possuía mandado de prisão.

Na ocasião, 13 armas, entre elas um fuzil M15, de fabricação norte-americana, nove pistolas dos calibres 9 milímetros, ponto 40, 45 e 380 e três revólveres calibres 38 froam apreendidas. A polícia encontrou ainda R$ 85 mil, 21 kg de maconha. Cerca de 100 policiais participaram da ação.

FONTE: G1
Voltar
Tenha você também a sua rádio